“A minha família e eu ficámos profundamente entristecidos ao ouvir a notícia da morte súbita e trágica do antigo primeiro-ministro Shinzo Abe”, afirmou a monarca britânica numa mensagem enviada ao imperador do Japão, Naruhito.

“Tenho boas recordações de ter conhecido Abe e a sua esposa durante uma visita ao Reino Unido em 2016. O seu amor pelo Japão e o seu desejo de forjar laços cada vez mais estreitos com o Reino Unido eram claros”, acrescentou.

A rainha de 96 anos conclui a mensagem transmitindo as suas “mais profundas condolências para com a família e o povo do Japão neste momento difícil”.

Shinzo Abe morreu hoje depois de ter sido atingido a tiro enquanto discursava num comício eleitoral em Nara, uma cidade no oeste do Japão.

O político, de 67 anos, foi atingido pelas costas quando fazia um discurso na rua antes das eleições parlamentares de domingo.

Abe foi primeiro-ministro em 2006, durante um ano, e novamente de 2012 a 2020, batendo recordes de longevidade na liderança do Japão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.