De acordo com o Conselho de Desportos do Japão (JSC), os detalhes finais da obra terminaram na quinta-feira e apenas falta a inspeção final, antes da inauguração, prevista para 21 de dezembro.

O novo estádio foi projetado pelo arquiteto japonês Kengo Kuma, tem capacidade para 60.000 espetadores e receberá as cerimónias de abertura e encerramento, bem como as competições de atletismo e futebol.

A construção teve início em dezembro de 2016, mais de um ano após previsto, depois de ter sido descartado o projeto original, da autoria da falecida arquiteta Zaha Hadid, devido aos elevados custos que a obra implicava.

O custo final ficou orçamentado em 150.000 milhões de ienes (cerca de 1.250 milhões de euros).

O primeiro evento desportivo no complexo será a final da Taça Imperador, em futebol, em 1 de janeiro.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio decorrerão entre 24 de julho e 9 de agosto, enquanto os Paralímpicos estão agendados entre 25 de agosto e 6 de setembro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.