A saída de cinco barcos da ilha de Hokkaido acontece seis meses após o Governo nipónico ter anunciado que ia deixar a Comissão Baleeira Internacional (CBI), depois de ter levantado uma moratória em vigor sobre a pesca moratória da baleia.

“Acreditamos que as baleias são recursos marinhos como peixes e que podem ser usadas com base em critérios científicos”, disse um funcionário do Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas.

A quota de captura até ao final deste ano está fixada em 227 baleias, menos do que as 333 que o Japão caçou na Antártida nos últimos anos, ao abrigo de um programa científico.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.