O anúncio do chefe de Estado norte-americano pode “levar-nos a tempos ainda mais sombrios do que os que vivemos hoje”, disse Mogherini, numa conferência de imprensa em que reiterou que a UE defende a solução de Jerusalém como capital dos dois Estados de Israel e da Palestina.

“O anúncio do Presidente Trump sobre Jerusalém tem um impacto potencial muito preocupante”, acrescentou, sublinhando que o contexto da região “é muito frágil”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.