A saída de Rute Serôdio do gabinete de Joacine Moreira no parlamento deve-se a "motivos pessoais", disse à agência Lusa fonte do gabinete do Livre na Assembleia da República.

De acordo com o despacho publicado no Diário da Assembleia da República, Rute Serôndio foi exonerada do cargo de assessora jurídica “com efeitos a partir do dia 30 de dezembro de 2019”.

Advogada de profissão, Rute Serôdio é membro do partido da papoila e foi candidata às legislativas de 2019 pelo círculo de Santarém.

O partido decide esta quinta-feira sobre uma proposta de retirada de confiança na deputada, na 44ª Assembleia marcada com carácter “extraordinário e urgente”.

A recusa da deputada em receber apoio técnico por parte do Livre foi uma das críticas apontadas pela Assembleia do partido, na resolução que pedia a retirada de confiança à deputada, acusações negadas pela própria.

O Livre é representado na Assembleia da República pela deputada única, Joacine Katar Moreira, eleita nas legislativas de 2019 por Lisboa com cerca de 22.800 votos e 2,07%.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.