Os jovens em questão fazem parte do Generation Earth Portugal (Geração Terra Portugal, em tradução livre), um projeto de formação de jovens líderes ambientais da Associação Natureza Portugal (ANP), em associação com o World Wildlife Fund (WWF).

Este apelo, feito num vídeo publicado na rede social Instagram, surge depois de mais de 45 governantes mundiais, “incluindo os líderes de cinco das maiores economias do mundo”, terem assumido este repto, apresentado hoje, em Nova Iorque, pela WWF, “comprometendo-se com ação decisiva para reverter a perda de natureza e biodiversidade, para proteger a saúde humana e do planeta”, informa a organização, em comunicado.

Marcelo Rebelo de Sousa é chamado a apoiar esta ação “e a levar as suas mensagens à Conferência das Nações Unidas pela Biodiversidade, que decorre a 30 de setembro”, quarta-feira, dando “um sinal inequívoco de que é necessário aumentar a ambição no que toca à proteção e recuperação da biodiversidade global”, explica o documento.

“É claro que não detemos o poder nem a influência necessária para conseguir a mudança de que precisamos. Pedimos então aos nossos governantes e, em particular, ao nosso Presidente, que nos deem ouvidos, que se comprometam a travar esta perda de natureza e que nos ajudem no caminho a recuperar”, defendem estes jovens.

No vídeo difundido nas redes sociais, as jovens pedem, entre outras coisas, uma gestão estratégica das zonas protegidas, a diminuição do desperdício alimentar e material, um plano agrícola em harmonia com a natureza e o fim da poluição fluvial.

As ambientalistas questionam qual o sonho de Marcelo Rebelo de Sousa, revelando que o seu é que “as vontades passadas, motivadas por uma geração presente, ecoem no seu futuro”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.