"Analisámos todas as opções de o ‘Micki’ poder fazer parte da equipa, mas, depois de falarmos com ele e a família, decidimos em conjunto que não viajaria connosco", refere o clube londrino no site oficial.

Os 'gunners' acrescentaram ter expressado à UEFA a sua "profunda preocupação com aquela situação", principalmente por considerarem que o jogador foi "uma peça chave na caminhada da equipa até à final e que se tratará de uma grande perda".

Apesar desta decisão do Arsenal, o governo azeri já tinha autorizado previamente a participação de Mkhitaryan na final, agendada para 29 de maio, em Baku.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.