O chefe de Estado chegou à cidade do Barreiro, distrito de Setúbal, pouco depois das 15:30, e centenas de pessoas aguardavam Marcelo, que brindou os presentes com muitas fotografias e cumprimentos.

A passagem do Presidente da República pelo concelho arrancou na "Tasca da Galega", local emblemático do centro do Barreiro e onde partilhou, "neste dia lindo", como disse, um "ambiente excecional" com os locais.

"O que é muito impressionante é que é uma tradição, que penso que é única, no nosso país e revela de facto um calor humano muito grande", assinalou, falando aos jornalistas.

O Presidente enalteceu por várias vezes a "tradição única" que hoje acompanhou no Barreiro, e adiantou que hoje à noite vai visitar uma unidade hospitalar e passar a meia-noite de 25 de dezembro com os profissionais da referida unidade e também os doentes: "Quero estar à meia-noite junto daqueles que não podem estar com as famílias e vão estar numa unidade hospitalar", disse.

E concretizou: "O jantar familiar vai ser mais curto um bocadinho".

Foram centenas as fotografias e cumprimentos distribuídos pelo Presidente nesta tarde, como constatou a agência Lusa no local, e foram repetidos os incentivos dos populares ao "Presidente do povo", como chegou a ser ouvido nas ruas barreirenses.

Ao lado do chefe de Estado estava o autarca do Barreiro, o comunista Carlos Humberto Carvalho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.