Segundo dados avançados à agência espanhola Efe por fontes da Guarda Civil de Zamora, os habitantes das 20 localidades que tiveram de ser evacuadas devido ao perigo do incêndio regressaram às suas casas a partir das 08:00 da manhã de hoje, tendo também sido reabertos todos os troços de estradas que tinham sido cortados.

As mesmas fontes precisaram que a reabertura da via férrea AVE Madrid-Galiza está dependente das necessárias verificações por parte do Adif (Administrador de Infraestruturas Ferroviárias), de forma a colocar novamente este serviço a operar com segurança.

A melhoria das condições do incêndio durante a noite foi atribuída por fontes do dispositivo operacional de combate à queda registada nas temperaturas, que permitiu uma maior eficácia dos meios comparativamente com as noites anteriores.

Ainda assim, alertaram que, embora as condições climáticas fossem favoráveis ao início da manhã, os ventos de alta intensidade deverão regressar ao longo do dia, o que complicará novamente a situação.

Os meios aéreos recomeçaram a operar logo ao romper do dia, tendo o fogo já consumido, segundo a última estimativa feita ao final da tarde de sábado, cerca de 25.000 hectares.

As equipas noturnas de combate em terra trabalharam incansavelmente durante a última noite, juntamente com algumas equipas diurnas que prolongaram o seu trabalho até ao amanhecer, na tentativa de travar o avanço do fogo e proteger as povoações evacuadas.

A Brigada de Reforço de Incêndios Florestais de Tabuyo del Monte (León) conseguiu esta madrugada apagar uma frente de quatro quilómetros em Junquera de Tera, onde atuou até às 01:45, enquanto a Brigada Laza (Orense) prolongou o seu trabalho até às 03:15 da manhã.

Após terem ultrapassado os limites da reserva de caça da serra de Culebra, as operações de combate ao fogo estendem-se agora até ao vale do rio Tera.

Já o incêndio que lavra na região espanhola de Navarra obrigou à evacuação de várias cidades durante a noite, mantendo-se a situação de risco extremo.

O Governo de Navarra pediu às populações das zonas afetadas que não receberam ordem de evacuação que permaneçam em casa e mantenham a calma.

De acordo com o serviço de emergência 112, nas últimas horas foram evacuadas as localidades de San Martín de Unx, devido ao incêndio que lavra nas proximidades de Ujué, e as cidades de Muzqui, Viguria e Arzoz, no vale de Guesalaz, por prevenção devido ao fogo de Legarda.

Até às 21:30 de sábado tinham sido evacuadas as localidades de Obanos, Legarda, Muruzabal, Belascoain, Zabalza, Ubani, zona sul de Puente la Reina, Elío, Etxarri, Ciriza, Vidaurreta, Belascoain, Mendigorría, Valtierra (parte) e Arguiñáriz.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.