Segundo a delegada Juliana Emerique de Amorim, a polícia procura quatro jovens suspeitos do ataque, que ocorreu no princípio da semana na Baixada Fluminene.

"O vídeo é grotesco, horrendo e mostra o desvalor com o ser humano", disse a responsável pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV).

A tia da menina terá feito queixa à polícia depois de ver as imagens no Facebook.

No ano passado aconteceu um caso semelhante no Rio de Janeiro, quando uma jovem de 16 anos foi violada por três homens na favela do Morro do Barão, que filmaram a violação e a colocaram na Internet.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.