Depois de um grande número de peregrinos em maio, junho (Peregrinação das Crianças) e agosto, é esperada uma significativa presença de devotos nas cerimónias que, como sublinha uma nota do Santuário, “encerram as grandes peregrinações do primeiro ano pós pandemia, e com uma guerra em curso no coração da Europa, que esteve sempre presente nas orações de Fátima”.

A peregrinação de 12 e 13 de outubro assinala a sexta aparição da Virgem aos videntes Jacinta, Francisco e Lúcia, “com particular destaque para o chamado ‘milagre do Sol’ e terá como tema ‘Levanta-te! És testemunha do que viste’, que se insere na dinâmica preparatória da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa”, agendada para o período de 01 e 06 de agosto do próximo ano.

Segundo informação do Santuário de Fátima, a peregrinação começa hoje com o acolhimento dos peregrinos a pé e uma conferência de imprensa, às 16:00.

Nesta conferência de imprensa participarão o reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, e o bispo José Ornelas, também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, que nos últimos dias tem estado em foco devido à divulgação, pelo jornal Público, de que está a ser investigado pelo Ministério Público por eventual encobrimento de casos de abusos sexuais sobre crianças numa cidade da província moçambicana da Zambézia e de outra por um caso alegadamente ocorrido na arquidiocese de Braga.

Missa dos doentes na Basílica da Santíssima Trindade, procissão eucarística no recinto, rosário internacional, na Capelinha das Aparições, seguido de Procissão das Velas e celebração no altar do recinto ocuparão o resto da tarde e noite no Santuário, antecipando a Vigília na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, que culmina com procissão eucarística às 07:00 de quinta-feira.

No dia 13 de outubro, o programa começa às 09:00, com o rosário internacional, na Capelinha das Aparições e, às 10:00, tem lugar a missa com a Bênção aos Doentes e procissão do Adeus, no altar do recinto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.