A GNR está na Grécia no âmbito de uma missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), realizando patrulhamentos terrestres para prevenir ou detetar atos ilícitos ligados à imigração ilegal ou ao tráfico de seres humanos.

Segundo um comunicado hoje divulgado, os militares da GNR detetaram hoje, durante uma ação de patrulhamento no centro de Nénita, em Quios, um grupo composto por 14 crianças, sete mulheres e nove homens.

Estes migrantes eram de nacionalidade iraquiana, palestiniana e kuwaitiana e terão embarcado na Turquia para a ilha grega.

Os migrantes foram vistos por equipas médicas e depois encaminhados para as autoridades locais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.