“Portugal condena o tiroteio hoje ocorrido numa escola de São Paulo, no Brasil. Enviamos as mais sentidas condolências às famílias das vítimas e ao povo brasileiro”, refere uma mensagem colocada pelo gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, na rede social Twitter.

O tiroteio aconteceu por volta das 09:40 (12:40 em Lisboa), segundo relatos de vizinhos à imprensa local.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Polícia Militar de São Paulo, oito pessoas foram encontradas mortas dentro da Escola Estadual Raul Brasil, seis baleadas e os dois autores do tiroteio, e outras duas pessoas socorridas não resistiram e morreram no hospital.

Os dois autores do crime foram identificados pela Polícia Militar como sendo Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, ambos ex-alunos daquele estabelecimento de ensino.

O governador do Estado de São Paulo, João Dória, decretou, através da rede social Twitter, três dias de luto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.