“Enquanto a NATO discute como aumentar o orçamento da defesa dos aliados, a UE pode incentivar uma cooperação inteligente entre Estados para produzir inovação, investigação, mas também instrumentos relativos à defesa que permitam uma economia de escala que torne mais produtivos os investimentos em Defesa”, disse a chefe da diplomacia comunitária.

Mogherini, que falava após uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano, Angelino Alfano, recordou que na próxima segunda-feira o Conselho Europeu vai celebrar uma sessão conjunta de MNE´s e Defesa dirigida a adotar decisões que “permitam, como união, avançar pela via da cooperação da Defesa europeia”.

A chefe da diplomacia europeia disse que se a NATO espera mais dos aliados europeus em matéria de Defesa, isso poderá fazer-se “através da UE”.

“Também somos uma potência militar, não devemos recear dizê-lo. Sabemos também, pelas nossas conversas com os nossos amigos norte-americanos, que se espera mais da Europa em Defesa. Isto pode ser feito através da UE”, realçou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.