A informação foi avançada pela televisão estatal egípcia.

Mubarak morreu no hospital militar Galaa, no Cairo, onde estava internado há um mês na sequência de uma operação.

Hosni Mubarak esteve 30 anos no poder, até à revolta popular de 2011, tendo sido forçado a demitir-se ao fim de 18 dias de protestos em massa nas ruas de várias cidades do Egito.

O líder egípcio foi detido, julgado e libertado em 2017, depois de ser ilibado da maioria das acusações de que era alvo.

Fonte familiar citada pela Agência Frace-Presse disse que o funeral vai ser organizado pela presidência egípcia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.