Nestes sete dias, Julio Anguita esteve internado em estado crítico na unidade de cuidados intensivos.

Conhecido em Espanha como ‘o califa vermelho’, pelos resultados eleitorais que obteve em Córdova, cidade de que foi presidente da câmara entre 1979 e 1986, Julio Anguita apareceu pela última vez em público há menos de duas semanas, a 4 de maio, num vídeo divulgado na internet em que fazia um apelo à serenidade e racionalidade em plena pandemia de covid-19.

“Nestes momentos de crispação, é necessária serenidade, reflexão e ponderação. O amanhã vai ser definido pela forma como vamos sair do hoje”, disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.