Fonte próxima da família disse à agência Lusa que as cerimónias fúnebres serão “reservadas à família, por vontade expressa” de Alexandre Soares dos Santos. “Haverá um momento público de homenagem em data a anunciar”, adiantou a fonte.

Marcelo Rebelo de Sousa já reagiu, enaltecendo o "relevante papel na vida económica, social e cultural portuguesa" do empresário.

Em abril de 2017, o Presidente da República condecorou Alexandre Soares dos Santos com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Empresarial, destacando o seu lado de "responsabilidade social" e o papel como servidor da comunidade.

A Ordem do Mérito Empresarial destina-se a distinguir "quem haja prestado, como empresário ou trabalhador, serviços relevantes no fomento ou na valorização de um setor económico".

Na lista dos portugueses mais ricos divulgada em julho deste ano pela revista Forbes, Alexandre Soares dos Santos surgia em segundo lugar, tendo como ativos o grupo Jerónimo Martins e a rede de clínicas Walk’in Clinics. A família Soares dos Santos é a segunda mais rica de Portugal com 3.554 milhões de euros.

Alexandre Soares dos Santos, nasceu no Porto em 1934. Frequentou o curso de Direito da Faculdade de Direito de Lisboa, que abandonou em 1957, para iniciar a sua carreira profissional, após um convite da multinacional Unilever.

Nesta empresa passou por várias delegações e filiais no estrangeiro e, em 1968, regressou a Portugal para assumir a liderança da Jerónimo Martins, que pelas suas mãos passou de uma empresa de pequena dimensão a um dos maiores grupos empresariais portugueses.

O empresário soube ampliar os negócios e fazer crescer a empresa da família, tendo lançado a marca Pingo Doce, colocado o grupo em Bolsa e expandido-se internacionalmente, em 1995, para o Brasil e Polónia.

Em 2009, criou a Fundação Francisco Manuel dos Santos, que gere o portal “Pordata”, Base de Dados do Portugal Contemporâneo, e lançou uma coleção de livros de Ensaio, a preços reduzidos, sobre temas da atualidade.

Em 18 de dezembro de 2013, Alexandre Soares dos Santos foi substituído na liderança do grupo Jerónimo Martins pelo filho, Pedro Soares dos Santos.

Alexandre Soares dos Santos foi convidado em 2009 pela então reitora da UA Helena Nazaré para integrar o primeiro Conselho Geral da Universidade, que haveria de presidir até 2014, tendo assumido entre 2016 e 2018 as funções de Membro do Conselho de Curadores da Academia.

Em março deste ano, foi distinguido com o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro (UA), tendo-se mostrado “muito feliz” e adiantando que esse era o culminar de uma carreira e que nunca pensou que alguma vez teria este título.


Recorde aqui a entrevista do SAPO24 a Alexandre Soares dos Santos, publicada em junho de 2018, em que o empresário falou "com desassombro" sobre as suas esperanças e receios.

*Com agências

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.