Morreu o músico norte-americano Daniel Johnston, nome de proa da música de cariz independente e do-it-yourself. Tinha 58 anos.

O anúncio da sua morte foi dado esta quarta-feira pelo seu manager, Jeff Tartakov, ao jornal The Austin Chronicle. A causa da sua morte terá sido um ataque cardíaco.

Ao longo da sua carreira, Daniel Johnston tornou-se conhecido pela sua enorme produtividade: 18 álbuns (12 dos quais editados na década de 80), centenas de canções editadas e muitas outras que nunca chegaram a ver a luz do dia.

Tornou-se conhecido, também, pela sua luta contra as doenças mentais, no caso a esquizofrenia e a bipolaridade. Em 1990, quase provocou um acidente de avião quando, numa viagem com o seu pai, atirou as chaves da ignição pela janela, acreditando ser o fantasma Gasparzinho. E, em 1993, rejeitou assinar contrato com a editora Elektra, já que esta havia assinado os Metallica - e Johnston acreditava que o quarteto thrash era "satânico" e "lhe faria mal".

De todas os seus trabalhos, os de maior impacto cultural são inegavelmente 'True Love Will Find You In The End' (canção que foi já alvo de dezenas de versões, de Beck aos Wilco, dos Flaming Lips a Legendary Tigerman) e "Hi, How Are You", disco cuja capa ficou para sempre imortalizada numa icónica t-shirt usada por Kurt Cobain, no início dos anos 90.

Em 40 anos de carreira, a sua música - simples, rudimentar, quase infantil - foi uma enorme influência para uma verdadeira legião de músicos, entre os quais Tom Waits, Kevin Morby ou os Mercury Rev, entre muitos outros.

Há dois anos, Johnson anunciou que iria abandonar os palcos, devido às suas doenças mentais. Mais recentemente, sofreu uma queda aparatosa que obrigou à sua hospitalização. O músico atuou por uma única vez por Portugal, em 2013, no festival NOS Primavera Sound.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.