A associação, que integra os 16 municípios do Algarve, pretende assegurar que todos os locais com pelo menos 40 mil habitantes fiquem abrangidos por transportes rodoviários públicos e que vários pontos da região tenham ligação direta ao aeroporto de Faro, com um serviço destinado a turistas, indicou a AMAL em comunicado.

“Além da proposta de transporte destinado principalmente a turistas, caso do serviço Aerobus, a nova rede de transportes rodoviários vai incluir uma redefinição das carreiras e dos horários atualmente existentes, melhorando as opções de deslocação das zonas do interior para o litoral”, assegurou a associação.

A AMAL, que gere o sistema de transportes rodoviários do Algarve desde 2016, aprovou já a abertura de um concurso público internacional que prevê concessionar a um único operador, pelo período de cinco anos, a rede de transportes públicos rodoviários da região.

O concurso internacional para a concessão do serviço público rodoviário deverá ser lançado até ao próximo mês de outubro, assegurando também “a melhoria da sustentabilidade ambiental, com autocarros mais modernos e mais eficientes em termos de consumo energético”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.