No dia em que Portugal registou mais 106 novos casos de infeção por covid-19 em relação e nenhuma morte, estes são os principais destaques da habitual conferência de imprensa da imprensa da Direção-Geral da Saúde — que contou, pela primeira vez, com o novo subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal.

  • "Não há qualquer orientação para testar menos", garantiu o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales. O governante sublinhou ainda que, na última semana, houve uma média de 13.600 testes por dia e que a redução de infeções não está relacionada com esse facto.
  • “A realização de testes a contactos de casos confirmados de covid-19 sempre dependeu e continua a depender da estratificação do risco efetuada pelas autoridades de saúde”, disse Lacerda Sales. E considerou ainda que, apesar de ser uma ferramenta determinante, a eficácia a testagem é limitada se não houver, paralelamente, um trabalho de identificação de cadeias de transmissão, através de inquéritos epidemiológicos que permitam identificar e isolar os contactos.

  • Em período de férias, Lacerda Sales pediu para que não fossem esquecidas "as regras de etiqueta respiratória e de distanciamento social". "O nosso sucesso coletivo continua a depender das ações individuais de cada um", destacou.
  • "Zero óbitos é um motivo de grande satisfação (...) Tem sido muito difícil nestes últimos tempos e estamos muitos felizes. Olhamos para estes números com humildade e com cautela, sabemos que de um momento para o outro esta situação se pode inverter", sublinhou ainda o Secretário de Estado da Saúde visivelmente emocionado.
  • Está a ser preparado um "plano de intervenção outono / inverno", que será revelado no final do mês.
  • Na conferência de imprensa, foi ainda revelado que, a 30 de julho, um total acumulado de 4.195 profissionais de saúde foram infetados pelo novo coronavírus: 553 médicos, 1.289 enfermeiros, 1.227 assistentes operacionais, 166 assistentes técnicos, 129 técnicos superiores de diagnostico e tratamento 831 outros profissionais. 3.559 estavam já recuperados, os restantes ainda estão a ser acompanhados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.