Há quase 900 feridos, indicaram as autoridades turcas em novo balanço.

Na cidade turca de Izmir, que foi atingida pelo terramoto, morreram pelo menos 39 pessoas e outras duas na Grécia. O terramoto no Mar Egeu, entre a costa turca e a ilha grega de Samos, provocou também o desmoronamento de edifícios e inundações.

As duas vítimas na Grécia eram adolescentes que morreram na ilha de Samos, a apenas uma dúzia de quilómetros do epicentro do terramoto de 6,8 de magnitude, que atingiu o Mar Egeu na sexta-feira.

Na Turquia, os números de mortos e feridos são provisórios, porque o trabalho de salvamento ainda continua em Izmir, onde bombeiros municipais e equipas de resgate salvaram 103 feridos presos nos escombros.

O sismo, que foi sentido em Istambul e Atenas e causou um pequeno ‘tsunami’, ocorreu pouco antes das 12:00 (hora de Lisboa) no Mar Egeu, a sudoeste de Izmir.

A magnitude do sismo foi avaliada em 7 na escala de Richter pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos e em 6,8 pelo centro sismológico turco Kandilli.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.