“A quarta onda evolui favoravelmente”, constatou Salomon sobre a situação pandémica em França, que registou 49 mortes relacionadas com a Covid-19 nas últimas 24 horas, enquanto há dois dias, tinham falecido 85.

De acordo com os dados oficiais divulgados hoje pela França, foram detetados 10.410 novos casos nas últimas 24 horas, e a pressão sobre os hospitais continua a diminuir, com 10.644 pacientes a entrar com covid-19, menos 10 que na véspera.

Nos cuidados intensivos estão menos seis pessoas, num total de 2.217.

A França acumula 6,83 milhões de infetados registados, e 114.905 mortos no balanço pandémico, contando com 45,45 milhões de pessoas com a vacinação completa, o que representa 67,4% da população.

A covid-19 provocou pelo menos 4.560.565 mortes em todo o mundo, entre mais de 220,27 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.798 pessoas e foram contabilizados 1.047.047 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.