Ouça aqui o terceiro episódio


Uma semana após um direto quase ininterrupto na margem sul do Douro, em Castelo de Paiva, a Antena 1 mudou de estratégia. A equipa que partira logo na madrugada de 4 de março, horas depois da queda da ponte, voltou a Lisboa. Junto ao que restava da Hintze Ribeiro, Olga Leite, jornalista da rádio pública, tomava a decisão de abandonar o jornalismo.

Para contar a tragédia de Castelo de Paiva — ou de Entre-os-Rios, como sempre se chama — é preciso contar também a forma como a história foi transmitida em 2001. Na altura, tudo era novo: havia canais de informação a arrancar, havia canais privados a precisar de afirmação, havia jornalistas com vontade de fazer, de mostrar, de crescer.

E havia um pequeno lugar, entalado entre o fim de Aveiro e a margem do Douro, apagado dos mapas e sem estradas para lá chegar, onde 59 pessoas morriam por causa de uma velha ponte.

Estavam montadas as condições para o primeiro grande evento do jornalismo português, a grande cobertura em tempo real, até então inédita, de um drama humano.

Entre diretos infinitos a descrever as operações de resgate no rio, perguntas sem sentido e verdades que não se quiseram contar, a forma como alguns jornalistas olham hoje para a cobertura feita pela imprensa nacional em 2001 é crítica. Foi ali, junto ao Douro, que se inaugurou uma nova forma de fazer jornalismo em Portugal: a forma do sensacionalismo, da exploração da dor, do sofrimento pessoal, dos sentimentos privados.

No terceiro episódio da série A Ponte, o foco está na comunicação social e na forma como escolheu contar Castelo de Paiva ao país.

A Ponte é uma série em áudio sobre a destruição da estrutura que ligava Castelo de Paiva a Entre-os-Rios, cruzando o Douro. Entre testemunhos de operacionais, autarcas e jornalistas, reconstituímos as razões por trás do acidente, os dias de sofrimento na margem do rio e as sequelas que perduram neste concelho no topo do distrito de Aveiro. Uma história para escutar ao longo das próximas semanas.


Novos episódios disponíveis todas as semanas no Spotify e Apple Podcasts e em qualquer outra plataforma de podcasts.

A Ponte é uma série produzida pela MadreMedia a partir de uma ideia de Pedro Soares Botelho. Tem direção de Rute Sousa Vasco, edição e supervisão de Inês Alves, acompanhamento técnico de Paulo Rascão e produção executiva de João Dinis. Ajuda à produção de Francisco Sena Santos, Isabel Tavares, João Couraceiro e Margarida Alpuim. Agradecimentos especiais a António Jorge, Emanuel Damas e Olga Leite.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.