Segundo um comunicado policial, a autocaravana estava estacionada na cidade do Porto e os dois assaltantes atuaram quando o ocupante dormia no interior, cerca 07:00 de quarta-feira, “agredindo-o violentamente e amarrando-o na parte traseira daquela viatura”.

Na posse da autocaravana, os suspeitos dirigiram-se para a zona de Santo Tirso, a norte do Porto, onde procederam a levantamentos em caixas multibanco e compras em estabelecimentos comerciais, com um cartão bancário, “cujo código PIN foi fornecido pelo ofendido após ser sujeito a violentas sevícias”, descreve o comunicado.

Diz a polícia que durante a prática destes crimes, realizados num período de cerca de cinco horas, a vítima “esteve sempre manietada de braços e pernas, no interior da autocaravana, até que, aproveitando a desatenção de um dos sequestradores, quando estavam a fazer compras, conseguiu libertar-se e fugir”.

O assaltante já detido tem 31 anos, está desempregado e tem antecedentes por crimes contra a propriedade.

Vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.