"Compreendo a preocupação sobre o Pai Natal, porque ele é idoso" e faz parte de uma faixa etária com mais riscos para desenvolver a forma grave do novo coronavírus, explicou Maria van Kerkhove, encarregada de supervisionar a gestão da pandemia na OMS.

"Posso dizer que o Pai Natal é imune a este vírus", afirmou, acrescentando que teve uma breve reunião com ele.

"Ele está bem e a sua esposa também, estão muito ocupados atualmente", tranquilizou a cientista.

Além disso, Van Kerkhove também quis enviar uma mensagem tranquilizadora para as crianças que se perguntam se o Pai Natal também foi afetado pelas restrições de entrada em alguns países.

"Ele poderá entrar e sair do espaço aéreo" como quiser e "distribuir os seus presentes", afirmou.

Sem esquecer o seu papel numa organização que deve manter o tom considerando a pandemia, Van Kerkhove quis relembrar as recomendações de prevenção contra o vírus.

"É muito importante que todas as crianças do mundo compreendam que a distância física com o Pai Natal deve ser estritamente respeitada", enfatizou.

As crianças devem "ir para a cama cedo na véspera de Natal, mas o Pai Natal poderá viajar por todo o mundo para entregar os seus presentes", reiterou a especialista, que é mãe de dois meninos.

Na Irlanda, o ministro das Relações Exteriores, Simon Coveney, tinha já referido no parlamento que o Pai Natal tinha sido considerado um trabalhador essencial, pelo que não estará sujeito às restrições de viagens impostas devido à pandemia de covid-19 quando chegar ao país.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.