A reforma da Lei da Presidência passou com 70 votos a favor e 64 contra, informou o parlamento catalão.

A intenção desta reforma é permitir que um candidato à liderança do executivo catalão possa ser investido à distância, ou seja, dispensando a sua presença física no local.

A alteração da lei pode, assim, permitir que Carles Puigdemont, que se encontra na Alemanha, tomar posse sem pisar solo espanhol.

Carles Puigdemont encontra-se a residir em Berlim desde o passado dia 06 de abril depois de ter sido libertado, sob fiança, pela Justiça alemã.

No dia 25 de março, o ex-presidente da região autónoma da Catalunha foi detido – no quadro da ordem europeia de detenção e extradição pedida pela Justiça espanhola - quando cruzava a fronteira entre a Dinamarca e a Alemanha.

O Tribunal Supremo espanhol processou Puigdemont por “rebelião e má gestão de fundos públicos”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.