“Os atrasos que se estão a verificar na conclusão do concurso para a execução da obra de modernização/eletrificação da Linha do Oeste, entre Meleças e Torres Vedras, e na abertura do concurso para a execução da obra do mesmo tipo entre Torres Vedras e Caldas da Rainha suscitam renovadas preocupações do PCP quanto ao futuro deste troço ferroviário”, lê-se no comunicado.

O PCP manifestou também preocupações por não ter sido ainda revelado o plano de modernização para o troço entre Caldas da Rainha e o Louriçal, nem os projetos para a requalificação das estações e apeadeiros e para a implantação de um sistema automático de informação aos passageiros.

No comunicado, é referido que o PCP vai questionar o Governo no parlamento sobre as razões do atraso e “exigir as adequadas e urgentes medidas que permitam ultrapassar as dificuldades” existentes com os concursos.

Para a direção regional de Leiria, “o Governo tem de cumprir com os compromissos assumidos com as populações do distrito de Leiria e os utentes da Linha do Oeste”.

Segundo os comunistas, “para os sucessivos governos do PS e do PSD, com ou sem CDS, a modernização da Linha do Oeste parece ser sobretudo um assunto de campanha eleitoral que facilmente deixa de constituir elemento de atenção após esse período”.

Num comunicado divulgado esta semana, a empresa Infraestruturas de Portugal (IP) informou que não houve qualquer suspensão ou cancelamento das obras previstas para a Linha do Oeste.

O concurso público lançado em julho, no valor de 68,5 milhões de euros, para as obras de modernização da linha entre Meleças (Sintra) e Torres Vedras foi prorrogado, prevendo-se a entrega das propostas até terça-feira e o início da empreitada no segundo semestre de 2020.

Para as obras entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, a IP está a finalizar o projeto de execução, prevendo que “o respetivo concurso possa ser lançado nas próximas semanas”.

A empresa também já lançou concursos para a contratação da fiscalização para todas as intervenções previstas na modernização da Linha do Oeste, para o projeto da nova subestação de tração elétrica, no concelho de Torres Vedras, cujas obras deverão começar no segundo semestre de 2020, e para a contratação de um sistema de sinalização eletrónica no troço entre Meleças e Caldas da Rainha, prevendo-se o seu lançamento durante o primeiro trimestre de 2020.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.