“Na sequência dos contactos que o Ministério da Educação tem vindo a fazer, de forma próxima e contínua, quer com os municípios, quer com os agrupamentos e escolas dos concelhos mais atingidos pela tragédia da região centro, as atividades letivas estão a ser retomadas em Figueiró dos Vinhos, Pampilhosa da Serra e Pedrógão Grande. A partir de segunda-feira também em Castanheira de Pera e Góis as atividades serão restabelecidas”, refere o comunicado da tutela.

As atividades letivas foram suspensas na sequência dos incêndios que ainda afetam a região centro do país e devem ser totalmente retomadas na segunda-feira.

O ME voltou a frisar que os alunos não serão prejudicados por esta interrupção no que diz respeito a provas e exames, que serão reagendados para datas alternativas.

A suspensão das atividades letivas foi inicialmente anunciada para as localidades de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, tendo sido estendida às escolas da Sertã e de Pampilhosa da Serra em consequência da progressão do incêndio.

Na quarta-feira o ME anunciou o retomar das aulas na Sertã e, parcialmente, em Figueiró dos Vinhos.

“O Ministério da Educação saúda a ação, colaboração e pró-atividade das escolas pela ajuda que têm dado neste momento de pesar, em especial a todos quantos fazem parte das comunidades educativas das regiões mais afetadas pelos incêndios”, refere ainda o comunicado do ME.

O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e foi dado como dominado na tarde de quarta-feira provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos.

O fogo começou em Escalos Fundeiros, e alastrou depois a Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.

Desde então, as chamas chegaram aos distritos de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.

Este incêndio já consumiu cerca de 30.000 hectares de floresta, de acordo com dados do Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.