"São sinergias que se juntam e que vão, com certeza absoluta, potenciar a utilização caminho de ferro como meio de transporte preferencial", comentou Antonino Sousa.

O presidente do município explicou que o projeto para a "estação intermodal", como designou o futuro equipamento, está em fase de execução e o concurso para a respetiva construção deverá ser lançado ainda este ano, contando desde já com financiamento garantido.

Explicou depois que se pretende que a futura central intermodal, a construir num terreno contíguo à estação ferroviária (Linha do Douro), em Novelas, constitua o ponto de partida e chegada de todos os autocarros que operam no concelho.

Antonino Sousa recordou que aquele melhoramento tem vindo a ser pensado no município ao longo dos anos. A sua concretização, disse, resolverá de vez o problema de a estação ferroviária estar um pouco afastada do centro da cidade (cerca de três quilómetros), dificultando a sua acessibilidade, sobretudo para as pessoas que não têm viatura própria.

O autarca referiu que os munícipes passarão a contar com os autocarros praticamente logo à saída do comboio e vice-versa, potenciando a interligação entre os dois meios de transporte, no contexto de uma proximidade cada vez maior com a vizinha Área Metropolitana do Porto e demais concelhos do Tâmega e Sousa.

Acresce a "coincidência feliz", prosseguiu, de em breve entrar em vigor o novo plano que prevê uma redução significativa dos custos dos passes dos transportes públicos.

"Esta redução dos tarifários constitui um contributo muito importante para uma maior utilização dos transportes públicos", reforçou.

Outro aspeto positivo que decorre da anunciada construção da estação intermodal em Novelas é a possibilidade de retirar do centro da cidade grande parte dos autocarros que ali param para recolher ou largar passageiros, criando alguns constrangimentos na fluidez rodoviária.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.