A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real que, em comunicado, disse que o homem está “fortemente indiciado” pela prática do crime de incêndio florestal.

Segundo a PJ, o fogo ocorreu na quarta-feira e "consumiu cerca de 18 hectares de área de mancha florestal" da aldeia de Fafião, freguesia de Cabril, no concelho de Montalegre.

A Judiciária referiu que o “foco de incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foi consumida devido à rápida intervenção de várias corporações de bombeiros, sapadores florestais e de um meio aéreo”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.