Agentes especialistas analisaram os pacotes, envelopes brancos de tamanho A4 com saquetas almofadadas no interior, e declararam ser pequenos dispositivos explosivos improvisados capazes de se incendiarem após serem abertos.

O primeiro alerta foi dado pelas 09:55 (hora local, a mesma que em Lisboa) num edifício onde está a sede da administração do aeroporto de Heathrow, no oeste de Londres, quando um pacote foi aberto pelos funcionários, o que resultou na ignição do explosivo, mas sem causar feridos.

As pessoas que estavam no edifício foram retiradas por precaução e o local mantém-se fechado enquanto decorrem investigações, mas não afetou o funcionamento do aeroporto, o maior do Reino Unido.

Um outro pacote suspeito foi identificado pelas 11:40 na sala de correios da estação de Waterloo, mas não foi aberto e a polícia conseguiu neutralizá-lo sem afetar o funcionamento da estação ferroviária.

Pelas 12:10, um terceiro pacote suspeito foi encontrado num edifício do aeroporto de City, o que também levou a polícia a retirar os funcionários e a interromper temporariamente o metro de superfície Docklands Light Railway (DLR) enquanto neutralizava o explosivo.

A Polícia Metropolitana de Londres aconselhou os centros de transporte de toda a cidade a estarem vigilantes e a denunciarem pacotes suspeitos, mas por enquanto ainda não deteve quaisquer suspeitos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.