“O grupo de 33 migrantes, com 15 homens, 11 mulheres, das quais duas grávidas, e sete crianças, em estado de hipotermia, foi detetado em terra quando a equipa da Viatura de Vigilância Costeira, se deslocava para o local de vigilância em Eftalou”, refere Autoridade Marítima Nacional (AMN), em comunicado publicado na sua página da internet.

Os elementos da Polícia Marítima, integrados na missão ‘POSEIDON’, contactaram as autoridades gregas e entregaram os migrantes à guarda costeira grega, que tomou conta da ocorrência.

Na sequência de buscas realizadas em terra foi encontrado um bote junto às termas da localidade de Eftalou.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação ‘POSEIDON’, sob égide da agência europeia ‘FRONTEX’ e em apoio à guarda costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.