Esta quinta-feira, por volta das duas da madrugada, as carrinhas do corpo de intervenção da PSP espalhavam-se pelas ruas do Porto. Na praça Filipa de Lencastre, onde vários vídeos nas redes sociais mostram cenas violentas, alegadamente entre adeptos estrangeiros, o túnel de Ceuta estava encerrado.

Por toda a zona das Galerias de Paris, onde se concentram alguns espaços de diversão noturna, o dispositivo policial bloqueava o acesso a várias ruas, verificou o SAPO24 no local.

Envolvidos nos confrontos estão os adeptos do Wolverhampton e do Standard de Liége. Britânicos e belgas jogam, respetivamente, em Braga e em Guimarães esta quinta-feira. Segundo alguns relatos, este é o segundo dia consecutivo em que os adeptos se envolvem em cenas de violência.

À agência Lusa, fonte da PSP confirmou que adeptos ingleses e belgas envolveram-se em confrontos no Porto, provocando danos numa esplanada. Até cerca da uma da manhã, no entanto, não tinham sido efetuadas detenções.

“Ao longo do dia os adeptos ingleses e belgas que estão no Porto para os jogos de futebol envolveram-se em escaramuças. A situação foi mais intensa depois das 15:00 [desta quarta-feira], acalmou depois, e a seguir ao jantar voltou a intensificar-se até cerca das 00:00, mas agora a situação está calma”, disse à Lusa fonte da PSP, cerca das 00:45.

Segundo a mesma fonte, os confrontos ocorreram em vários locais do Porto, como as Galerias de Paris ou a zona dos Clérigos, tendo sido danificada uma esplanada.

“Até ao momento não foram efetuadas detenções e não temos registo de feridos. A PSP mantém um dispositivo no local, com especial atenção para as zonas de diversão noturna, que vai se manter ao longo da madrugada”, explicou ainda a polícia.

Hoje, a equipa belga Standard Liège vai defrontar o Vitória de Guimarães, enquanto os ingleses do Wolverhampton vão jogar contra o Sporting de Braga, em jogos da quinta jornada da fase de grupos da Liga Europa em futebol.

Um comunicado do comando do comando distrital de Braga da PSP classificava estes dois encontros como de “risco elevado”. No documento, de 27 de novembro, as autoridades de Braga dizem ter destacado “um contingente policial entendido como adequado às circunstâncias” dos jogos do Braga e do Vitória de Guimarães.

O SAPO24 procurou contactar as autoridades do Porto, porém, até à hora de publicação deste artigo, ainda não obteve resposta.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.