De acordo com a especialista, na Região Norte, os distritos de Bragança, Vila Real, Viseu e Viana do Castelo já estavam hoje de manhã com precipitação, que se vai agravar ao longo do dia e também com queda de neve acima dos 1.200 metros de altitude.

“Esta neve vai ser muito intensa e persistente durante toda a tarde e madrugada e vai estender-se gradualmente à Região Centro. Aliás, já está a ocorrer neve na Serra da Estrela e já há estradas cortadas. Prevê-se que ao longo da tarde vá continuar a cair com mais intensidade”, adiantou à agência Lusa.

Segundo Paula Leitão, esta situação vai levar ao corte de estradas e ao isolamento de aldeias.

“É de esperar que muitas estradas fiquem cortadas na região de Trás-os-Montes, Viseu e na Serra da Estrela, e que haja aldeias que possam ficar isoladas esta tarde e que durante a noite não seja possível transitar em muitas estradas do interior do norte e centro”, advertiu.

A especialista indicou também que o vento vai ser moderado com rajadas fortes a partir do fim da tarde e noite, prevendo-se uma diminuição na sexta-feira de manhã.

“Esta situação deve-se a uma depressão complexa que cavou um núcleo sobre o Mediterrâneo percorrendo a Península Ibérica, uma situação difícil de prever pois os modelos têm estado a oscilar nos resultados, não tem sido fácil fazer uma previsão", disse.

Paula Leitão referiu ainda que o ‘Aviso Amarelo’ que foi emitido para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Viseu, Bragança, Coimbra, Aveiro, Guarda e Castelo Branco por causa da queda de neve, chuva e vento, deverão passar a ‘Aviso Laranja’ devido à previsão de agravamento do estado do tempo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.