"Num Estado de direito democrático há o direito à manifestação pacífica, serena, sem violência de qualquer ordem e espero que seja isso aconteça", afirmou o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas em Lisboa, no final de uma visita à Bolsa do Voluntariado.

Escusando-se a comentar o diploma que o Governo está a preparar para regular a atividade das plataformas de transportes de passageiros, como a Uber ou a Cabify, Marcelo Rebelo de Sousa insistiu nos apelos a que haja "serenidade" e "espírito cívico" na manifestação dos taxistas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.