“O Presidente Rohani chegou à conclusão, após as últimas semanas, de que deve tomar parte nas eleições presidenciais”, disse Amiri aos jornalistas no Parlamento e citado pela agência de notícias IRNA.

Eleito em 2013 com o apoio dos moderados e reformistas para um primeiro mandato de quatro anos, Hassan Rohani, um religioso moderado, não havia anunciado oficialmente as suas intenções.

Os candidatos às eleições devem registar-se até 15 de abril, segundo a lei iraniana.

O Conselho dos Guardiães da Constituição tem dez dias para aprovar ou rejeitar estas candidaturas.

A campanha eleitoral deve começar a 28 de abril e terminar a 17 de maio.

Um antigo vice-Presidente do ultraconservador Mahmoud Ahmadinejad (Presidente entre 2005 e 2013), Hamid Baghaie, foi o primeiro a anunciar sua candidatura, como “independente”, a 18 de fevereiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.