Pedro Soares dos Santos falava em Lisboa, na conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2019 da dona do Pingo Doce.

Questionado sobre o laboratório, o gestor afirmou que "vai custar à volta de 800 mil euros a um milhão".

Este laboratório "já está em construção" na Azambuja, referiu, sublinhando tratar-se do "primeiro" do grupo.

Sobre quando estará operacional, Pedro Soares dos Santos conta que tal aconteça "até fim do ano".

Em janeiro do ano passado, o gestor tinha anunciado a criação de um laboratório "para a rastreabilidade dos produtos alimentares" porque em Portugal não havia nenhum que fizesse ADN alimentar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.