De acordo com a mesma fonte, uma outra pessoa ficou em prisão domiciliária, tendo ainda sido dado cumprimento a um mandado de detenção que já pendia sobre uma das pessoas detidas na quinta-feira.

Os restantes detidos ficam sujeitos a apresentações periódicas.

Inicialmente, a mesma fonte tinha indicado que dos 18 detidos, cinco tinham ficado em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa.

O Comando Territorial da GNR do Porto apreendeu na quinta-feira 37 quilos de droga e deteve 18 pessoas por tráfico de estupefacientes nas localidades do Porto, Gondomar e Felgueiras.

Na nota, esta força policial apontava ter sido desmantelada "uma das maiores redes de abastecimento de droga no distrito do Porto, tendo sido realizadas 28 buscas domiciliárias e três não domiciliárias".

A GNR indicava terem sido detidos 15 homens e três mulheres, com idades entre os 18 e os 48 anos, e que a investigação pela prática do crime de tráfico de estupefacientes decorria há cerca um ano.

Além dos 37 quilos de droga, foram apreendidas oito armas de fogo, munições, 17 automóveis, telemóveis, uma moto de água, tabaco, balanças e encontrada uma estufa.

Esta operação envolveu mais de 200 militares, os Comandos Territoriais do Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Unidade de Intervenção, bem como elementos da Polícia de Segurança Pública.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.