O bebé foi esfaqueado hoje de madrugada, alegadamente pelo padrasto.

Em declarações à Lusa, o comandante dos bombeiros de Mirandela, Luís Soares, tinha adiantado que a corporação foi chamada cerca das 00:00 para uma situação de agressão em Vila Nova das Patas.

“À nossa chegada, encontrámos uma criança esfaqueada, inconsciente, com múltiplos traumas no tórax e abdómen”, explicou Luís Soares, acrescentando que as agressões terão sido perpetuadas pelo padrasto do bebé, de 37 anos.

O bebé foi helitransportado para o hospital de São João e, de acordo com fonte deste centro hospitalar, estava estável ao final da manhã de hoje, apesar da “situação clínica crítica”.

À Lusa, fonte da GNR tinha confirmado que a Guarda foi chamada a uma situação que poderá configurar uma tentativa de homicídio e confirmou que o suspeito foi detido.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária.

O comandante da corporação disse ainda que, no local, foi ainda socorrida a mãe do bebé, de 19 anos, que também foi esfaqueada.

A jovem encontrava-se numa rua perto da casa e foi transportada para o hospital de Bragança, com ferimentos ligeiros, acrescentou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.