O anúncio foi feito esta tarde pelo comandante da Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa, intendente Resende da Silva, que explicou que os homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 27 anos, foram intercetados na passada terça-feira na zona de Benfica, após terem furtado as rodas de duas viaturas no concelho de Almada.

O responsável da PSP referiu que estes homens são suspeitos de pertencer a um grupo que se dedicava há vários meses ao furto de rodas (pneus e jantes) na cidade de Lisboa e nos concelhos da periferia.

“Eles tinham já alguma prática e em 10/15 minutos conseguiam retirar todas as rodas a uma viatura e deixá-la assente em cima de blocos, nalgumas situações provocando dano a essas viaturas”, apontou.

Resende da Silva adiantou que, além da detenção destes três suspeitos, as autoridades levaram a cabo “diligências de investigação” em armazéns, oficinas, garagens e 'stands' de automóveis, das quais resultou a constituição como arguidos de alegados recetores deste material.

Através destas buscas, na zona norte e sul do Tejo, as autoridades conseguiram apreender e recuperar 52 rodas, pertencentes a viaturas de várias marcas e modelos, a maioria Mercedes, BMW e Renault.

As autoridades estimam que o valor total destes furtos e dos danos provocados ascende a 120 mil euros.

Entretanto, os três suspeitos já foram presentes a tribunal, para aplicação das medidas de coação, tendo um deles (alegado cabecilha) ficado em prisão preventiva e os outros dois sujeitos a apresentações semanais às autoridades.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.