Em comunicado, a PSP refere que os crimes ocorreram ocorridos entre 20 de julho e 24 de dezembro e que o suspeito "normalmente agia sozinho".

"O suspeito, sob forte coação física, por vezes com exibição de arma branca, abordava as vítimas na rua, nas imediações de caixas ATM e também no interior de estabelecimentos comerciais (minimercado, cabeleireiro e hotel) e exigia que lhe dessem o dinheiro que possuíam, bem como também lhes subtraía os telemóveis", acrescenta.

A PSP promoveu reconhecimentos pessoais por parte das vítimas e testemunhas, tendo o suspeito ficado "desde já" indiciado pela prática de oito crimes.

Nos últimos tempos, o suspeito pernoitava na cidade do Porto, onde foi detido.

No Porto, terá continuado a prática criminal, estando identificado pela polícia local pela prática de vários furtos, praticados desde o início deste ano.

O suspeito, com antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, vai ser presente no Tribunal Judicial de Guimarães.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.