Putin, que falava no parlamento, no discurso anual sobre o estado da Nação, salientou que a Rússia precisa concentrar-se em elevar o padrão de vida.

"Não devemos esperar, mas melhorar a situação agora (…) Este ano (os russos) devem sentir uma melhoria”, afirmou Putin perante deputados e altos funcionários russos.

Vladimir Putin, que tem atualmente uma baixa quota de popularidade, apresentou como uma das primeiras medidas que o seu Governo vai aumentar os pagamentos sociais para apoiar as famílias jovens.

O Presidente russo prometeu ainda reduções fiscais, taxas de hipoteca mais baixas e subsídios de moradia para famílias com vários filhos.

Putin declarou que a carga fiscal sobre os construtores será facilitada para incentivá-los a expandir a construção de moradias.

O líder russo também enfatizou a necessidade de combater a pobreza, dizendo que 19 milhões dos cerca de 147 milhões de habitantes da Rússia vivem abaixo da linha oficial da pobreza, atualmente o equivalente a cerca de 160 dólares por mês.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.