De acordo com o relatório semanal da vacinação divulgado pela DGS, 3.986.585 pessoas já estão vacinadas com a primeira dose, o que corresponde a 39% da população, e 2.315.000 têm a vacinação completa (23%).

Os dados precisam que na última semana foram vacinadas mais 226.341 pessoas com a primeira dose e 333.769 com a segunda, totalizando 560.110.

A vacinação do grupo etário das pessoas com mais de 80 anos tem agora 97% (654.368 idosos) com a primeira toma já administrada e 92% (619.596) com as duas doses tomadas.

Já na faixa entre os 65 e 79 anos, 94% das pessoas desse grupo (1.515.874 ) já recebeu a primeira dose, percentagem que baixa para os 51% (811.974) no que se refere à vacinação completa — uma subida considerável face aos 43% da semana passada.

No grupo entre os 50 e os 64 anos, 59% (1.278.890) já foram vacinados pela primeira vez e outros 26% (550.352) já receberam as duas doses de vacina contra a covid-19.

Desde que se iniciou a vacinação contra a covid-19, a 27 de dezembro de 2020, Portugal já recebeu 7.263.540 vacinas, tendo sido distribuídas pelos postos de vacinação do território continental e pelas regiões autónomas 6.299.315 doses.

Por regiões, os dados da DGS indicam que o Norte continua a liderar no número de vacinas administradas, com um total de 2.183.751 doses, seguido de perto por Lisboa e Vale do Tejo, onde já foram administradas 2.081.872 doses.

O Centro é a terceira região do país onde mais pessoas receberam a vacina (1.146.385), seguindo-se o Alentejo (342.972), o Algarve (246.379), a Madeira (163.079) e os Açores (132.395).

No que se refere à cobertura vacinal da população por regiões, o Alentejo lidera na percentagem de pessoas que já receberam uma dose da vacina (47%), enquanto o Centro apresenta 44%.

O relatório indica também que já estão vacinados com a primeira dose 40.372 jovens (5%) entre os 18 e os 24 anos com a primeira dose e 25.709 (3%) com as duas doses da vacina contra a covid-19.

Segundo a DGS, a vacinação por faixas etárias decrescentes, até aos 16 anos, e de pessoas com 16 ou mais anos, aplica-se a quem tenham doenças com risco acrescido de covid-19 grave ou morte, como a diabetes, obesidade grave, doença oncológica ativa, transplantação e imunossupressão, doenças neurológicas graves e doenças mentais.

Há ainda 1.293 crianças e jovens, dos zero aos 17 anos, vacinadas com a primeira dose, enquanto 413 já tem a vacinação completa, precisam os dados da Direção-Geral da Saúde.

Na última semana, de acordo com os dados da DGS, Portugal recebeu cerca de um milhão de vacinas contra a covid-19.

As pessoas com 43 ou mais anos de idade podem, desde segunda-feira, fazer o pedido de marcação para tomar a vacina na plataforma de autoagendamento da Direção-Geral da Saúde.

O portal destinado ao autoagendamento entrou em funcionamento em 23 de abril, contemplando agora as pessoas acima dos 43 anos, depois de ter sido aberto para maiores de 45, 50, 55, 60 e 65 anos.

O coordenador da `task force´ do plano de vacinação, Gouveia e Melo, definiu, recentemente, a meta de 08 de agosto para ter 70% da população portuguesa vacinada, mas salientou que o cumprimento desse objetivo depende do número de vacinas que forem chegando a Portugal.

Em Portugal, morreram 17.037 pessoas dos 853.632 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

(Notícia atualizada às 18:36)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.