“Durante a madrugada fomos chamados para um primeiro incêndio num depósito de resíduos sólidos urbanos na Rua Almeida Garret, depois para outro incêndio idêntico na Avenida Bento Gonçalves e, mais tarde, para um terceiro incêndio na Rua António José Baptista”, disse à agência Lusa Paulo Lamego, comandante dos Bombeiros Sapadores de Setúbal.

Este último incêndio, acrescentou, “teve maiores proporções, destruiu vários ecopontos e propagou-se a quatro viaturas que ficaram totalmente destruídas”.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Sapadores de Setúbal, o incêndio na Rua António José Baptista danificou também os estores do primeiro andar de um prédio contíguo a uma agência funerária, que também sofreu alguns danos devido ao incêndio, e obrigou a uma operação de ventilação de escadas de um prédio que acumularam muito fumo.

Segundo Paulo Lamego, não houve danos pessoais, mas os incêndios em contentores do lixo e ecopontos são situações que se repetem com alguma regularidade na cidade de Setúbal, embora poucas vezes com a dimensão que se verificou hoje de madrugada.

Os bombeiros Sapadores de Setúbal mobilizaram um total de 16 efetivos, apoiados por três viaturas, para o combate aos três incêndios, que o comandante da corporação admite terem tido origem em atos de vandalismo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.