As autoridades policiais foram alertadas pelo Hospital Amadora-Sintra depois de uma mulher de 22 anos ter chegado a esta unidade hospitalar depois de dar à luz, mas sem ter a criança consigo. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias e pela Rádio Renascença, que cita a Polícia de Segurança Pública.

A PSP encetou operações de busca perto da residência da parturiente, tendo encontrado o bebé num caixote do lixo numa das ruas do Casal da Barôta, bairro próximo de Queluz e de Massamá, no concelho de Sintra. O recém-nascido foi assistido pelos Bombeiros de Belas, mas estava já sem vida.

A Polícia Judiciária já está a investigar as circunstâncias em que o bebé foi posto no caixote do lixo e a ligação entre o bebé e a mulher que se deslocou ao Hospital Amadora-Sintra.

A CNN noticia que a mãe do bebé está internada em estado grave, num quadro de hemorragias pós-parto. Já a Renascença adianta que o avô do recém-nascido já admitiu ter sido ele a colocá-lo no caixote do lixo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.