A circulação no Itinerário Complementar 17 – CRIL esteve encerrada em ambos os sentidos desde cerca as 14:40, após um choque frontal provocado por um condutor que se colocou em fuga desde Monsanto, Lisboa, depois de abordado pela PSP no momento em que procedia a uma transação de droga com outro homem, e entrou em contramão na via.

O acidente envolveu três viaturas – inicialmente as autoridades referiram quatro -, causou a morte de um condutor, de 60 anos, ferimentos graves no suspeito, que foi transportado para o Hospital de Santa Maria, e um ferido ligeiro.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP explicou anteriormente à Lusa que duas viaturas foram intercetadas, em Monsanto, com um ocupante cada uma, no momento em que os dois homens estariam a transacionar haxixe. Na ocasião, um dos suspeitos fugiu e entrou em contramão no IC17, provocando um acidente, com um morto e dois feridos.

No interior das duas viaturas - a que foi intercetada em Monsanto e a que se colocou em fuga - foram “encontrados vários quilos de haxixe”, contou à Lusa outra fonte policial, acrescentando que não houve perseguição, pois o suspeito "entrou em contramão" na CRIL, acabando por provocar um choque frontal.

A PSP deteve o condutor da viatura que se manteve em Monsanto, um homem português de 33 anos.

O homem que se colocou em fuga, de 43 anos e de nacionalidade espanhola, acabou por ser transportado “em estado grave” para o Hospital de Santa Maria, na sequência do acidente, estando sob custódia policial.

O Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa explicou que o acidente ocorreu no sentido sul-norte, cerca das 14:40, e obrigou ao corte do trânsito nos dois sentidos da Circular Regional Interior de Lisboa (CRIL).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.