A operação decorre até 23 de março de 2022 e representa uma nova aposta do executivo madeirense para a retoma da atividade turística, uma das mais afetadas pela crise pandémica.

“Foi negociado com a SATA e vamos ter uma operação duas vezes por semana, voos direitos para Nova Iorque”, disse Miguel Albuquerque, à margem de uma visita ao Pavilhão da Flor, no centro do Funchal, no âmbito da Festa da Flor, que teve início hoje.

O chefe do executivo madeirense sublinhou tratar-se de uma “oportunidade única” para cativar o turismo norte-americano.

“É uma operação que todos nós esperamos que corra bem”, disse, reforçando: “Neste momento, é um mercado que nos interessa muito.”

Miguel Albuquerque indicou que a economia regional já “começou a recuperar” da crise pandémica, sobretudo na área do turismo, que foi a mais afetada, sendo que taxa de ocupação hoteleira ronda os 62%.

“Os indicadores são muito bons”, disse.

O presidente do Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP, admitiu, por outro lado, levantar algumas das medidas de contenção da covid-19 após a Festa da Flor, cuja animação decorre até 24 de outubro, nomeadamente o recolher obrigatório e a limitação do horário de funcionamento das atividades económicas.

Atualmente, os estabelecimentos encerram à 01:00 e o recolher obrigatório vigora entre as 02:00 e as 05:00.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.