Admito que já tinha saudades disto, deste clima pré-Clássico. As mensagens a perguntar onde vou ver o jogo, as conferências de imprensa, os artigos a relembrar os grandes momentos — e os piores — entre SL Benfica e FC Porto, as estatísticas… Tudo é bom.

Lembro-me do meu primeiro Clássico entre encarnados e azuis e brancos; foi em 2004/05, ano em que o título acabaria por ser erguido pelos pupilos de Trapattoni. O jogo só teve um golo, logo cedo aos 10 minutos, por Benni McCarthy. A partir daí foi uma soma de casos, um penálti reclamado sobre Azar Karadas, um vermelho para Pepe e outro para Nuno Gomes, um remate de Petit de fora de área que ainda hoje divide águias e dragões sobre se a bola terá ou não entrado.

Já tenho saudades do apito inicial de sábado e ainda estamos a largas horas do jogo.

E este é o meu ponto de partida para o fim de semana, hoje sem tocar nas tragédias que tantas vezes nos fazem perder a fé na humanidade e saltando diretamente para aqueles 90 minutos de futebol que fazem parar um país.

Ainda assim, ficam aqui duas sugestões para ocupar qualquer pedacinho de tempo livre do fim de semana:

1 - Ir ver o “Era uma vez… em Hollywood” de Quentin Tarantino deu-me vontade de rever a filmografia de um dos meus realizadores favoritos. Coincidências das coincidências, o cinema Monumental, em Lisboa, vai passar o “Pulp Fiction”, que faz este ano 25 anos. Acontece no dia 24 de agosto às 21h;

2 - Ir ao cinema ver o filme "Variações" é igualmente uma boa razão para sair do sofá.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.