"O meu agradecimento a Pedro Sánchez pelo seu trabalho e compromisso com a Europa e com os progressistas. Espanha e a União Europeia necessitam de um PSOE [Partido Socialista Operário Espanhol] forte e unido", disse Schulz na sua conta pessoal na rede social Twitter.

O dirigente social-democrata alemão transmitiu a mensagem horas depois de Pedro Sánchez ter anunciado a sua demissão, após o comité federal socialista ter rejeitado a sua proposta para a realização de eleições primárias e de um congresso extraordinário.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.