Entre as dez vítimas mortais encontram-se nove membros de uma mesma família, incluindo três crianças.

Os ataques aéreos e de artilharia das forças do regime de Damasco contra Ghouta (arredores da capital da Síria) foram particularmente intensos, de acordo com as informações da organização não-governamental com sede em Londres.

Os 15 membros do Conselho de Segurança da ONU aprovaram no sábado, por unanimidade, uma resolução que prevê um cessar-fogo humanitário de um mês na Síria.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.